Secretário Executivo da Comissão do Golfo da Guiné (ggc) encontra-se com o Presidente da Comissão da União Africana (cua)

Adis Abeba, 15 de Setembro de 2015
SE-CGG-CUA

«A formalização das relações entre a Comissão do Golfo da Guiné (GGC) e a Comissão da União Africana (CUA), é o principal objectivo da visita de hoje», disse a Embaixadora Florentina Adenike Ukonga, Secretário Executivo da Comissão do Golfo da Guiné (GGC) durante o encontro com a Embaixadora Febe Potgieter-Gqubule, Chefe Adjunto do Gabinete da CUA, em nome do Presidente Dr.ª Nkosazana Dlamini Zuma.

A Embaixadora Ukonga entregou uma cópia do Tratado de sua Organização à Comissão. Ela ressaltou também a importância de fortalecer a colaboração entre as duas instituições para o bem-estar dos africanos.

Durante a reunião entre os dois responsáveis, duas questões foram abordadas: a cooperação nas questões marítima e a economia azul, e a formalização das relações entre a Comissão da União Africana e a Comissão do Golfo da Guiné, no âmbito do Tratado da CGG e da Estratégia Marítima Integrada da União Africana 2050 (2050 AIM).

A Embaixadora Febe esboçou as linhas mestras da Agenda 2063 e da Estratégia 2050 AIM, que centra-se na capacidade da África mobilizar todos os seus recursos naturais, incluindo os recursos oceânicos para a construção de uma prosperidade compartilhada pelo continente e os seus cidadãos. Ela também indicou que os dois programas serão implementados em parceria com o sector privado, as organizações regionais e os governos.

O encontro serviu ainda para abordagem dos desafios no domínio marítimo, tais como a degradação do meio ambiente natural, a pesca ilegal e o seu impacto sobre os meios de subsistência das populações costeiras e a nutrição, a prospeção e a exploração de petróleo e gás; e a proteção do ambiente marítimo, bem como o impacto negativo sobre as pessoas e a natureza. Eles sublinharam a importância de soluções africanas e cooperação face a estes desafios continentais.

O Sr. Samuel Kame-Domguia, coordenador do grupo de trabalho da Estratégia 2050 AIM, que assistiu a reunião, salientou o envolvimento pessoal da Embaixadora Ukonga na elaboração do documento da Estratégia AIM 2050. Ele encorajou esta colaboração desejando que ela seja continuamente frutífera. Ele também afirmou que o Código de Conduta marítimo assinado/ ratificada pela CEDEAO e CEEAC é um bom exemplo que devia ser seguido por todos os Estados membros da União Africana.

Os participantes concordaram em recomendar às suas respectivas instituições o prossecução desta cooperação, para o benefício do continente e para o sucesso da Estratégia «Agenda 2063».